O que é Hanseníase e como ela é transmitida?

O que é Hanseníase e como ela é transmitida?

Antigamente conhecida como Lepra, a Hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae, bacilo capaz de infectar várias pessoas, atingindo principalmente pele e nervos. Identificada pela primeira vez em 1873, a hanseníase foi classificada como a doença mais conhecida do mundo, com casos registrados há mais de 4000 anos, na China.

Se não tratada rapidamente, a enfermidade pode gerar incapacitação física permanente, principalmente nos olhos, mãos e pés. Porém, com o uso da medicação correta, a hanseníase pode ser curada a qualquer momento.

Saiba mais:

Como a doença é transmitida?

Sua principal via de transmissão é o contato direto com a saliva e secreções do contaminado com a doença em sua fase multibacilar que ainda não está em tratamento. Tocar a pele de alguém com hanseníase não transmite a doença e seu período de incubação varia de seis meses a cinco anos.

hanseníaseComo a Hanseníase é classificada?

A Hanseníase é classificada como Paucibacilar e Multibacilar, sendo que na primeira existem poucos bacilos, com menor risco de transmissão e na segunda, muitos bacilos, com alto potencial de transmissão.

Seus tipos são:

  1. Hanseníase indeterminada e tuberculoide (paucibacilar)
  2. Hanseníase borderline ou dimorfa e virchowiana (multibacilar).

Cada tipo possui sinais e sintomas diferentes, somente o médico poderá analisar com precisão, diagnosticar e indicar o melhor tratamento.

Como é realizado o diagnóstico?

Feito pelo médico, o diagnostico é clínico, através do exame físico, teste de sensibilidade e avaliação (palpação) dos nervos periféricos. A baciloscopia de linfa pode ser usada nos casos de suspeita de hanseníase multibacilar; ou em casos extremos, através da biópsia de filete nervoso periférico.

Qual o tratamento adequado?

O dermatologista ou o hansenólogo é quem conduzem o tratamento, sendo que o mesmo dura de 6 meses a 1 ano, podendo haver substituição de medicamentos ou prolongação dependendo de cada caso.

Após 10 a 15 dias do início do tratamento, não há mais risco de transmissão e a pessoa pode conviver normalmente com a família, amigos e colegas de trabalho.

A Hanseníase tem cura?

Sim!

Antigamente, aqueles que possuíam a doença sofriam com enorme desconforto e isolamento. Hoje, recebem tratamento de graça com acompanhamento médico nas unidades básicas de saúde.

Como posso me prevenir?

A prevenção se faz através do tratamento dos doentes, vigilância ativa, higienização das mãos e avaliação clínica dos contatos, (moradores da mesma casa) dos portadores de hanseníase.

Escute seu corpo, ao menor sinal de irregularidade, procure um médico (a) de confiança.

Viva com saúde!

Posts Relacionados